Páginas :)

terça-feira, 20 de novembro de 2012

   Já sofreste em silêncio ? Já achaste que era melhor lidar com o sofrimento sozinha ? Já tiveste um segredo que nunca contaste a ninguém ? Já tiveste vontade de chorar, mas aguentas-te e sorriste ? Já quiseste explicar a alguém como te sentias/o que se passava e não conseguiste ? Já quiseste que alguém percebesse tudo com apenas um olhar , te abraçasse e dissesse "estou aqui"  ? Já sentiste que estavas sozinha no mundo ? Já quiseste voltar atrás ? Já desejaste que tudo mudasse ?
Bé Silvestre

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

o amor

   É tão bonito quando dois olhares se cruzam , não é ?
E sabes aquele momento em que alguém falou "dele" ou disse que vocês ficavam bem juntos e tu coraste ? Aquele momento em que ficas nervosa e sentes borboletas na barriga quando estás com ele ? Aquele momento em que ele manda mensagem e tu não consegues conter o sorriso estupido?  É nesse momento que descobre que te apaixonaste.
Tu pensas muito nele e em como seria bom se estivesses com ele , não é ? Ficas a imaginar como seria o vosso primeiro beijo e como gostarias que a vossa relação fosse perfeita...daquelas que antes de serem namorados , são melhores amigos. Gostavas que ele fosse fofinho , mas não demasiado meloso , que fosse brincalhão , que se preocupasse contigo , que te apoiasse , que não te "sufocasse" e que te desse espaço , que ouvisse o que dizes e o que não dizes , que tivesse medo de te perder e não te tomasse por garantida , que te valorizasse , que não te deixasse cair , que te defendesse , que preferisse conhecer os teus pais em vez do teu quarto , que te perguntasse se dormiste bem , que te abraçasse quando te sentisses insegura , que evitasse discutir , que te fizesse sorrir , que não tivesse medo de te dizer que te ama e principalmente que o demonstrasse. Gostavas de acordar de manhã e ver no telemóvel uma mensagem a dizer "Bom dia princesa ♥" , de adormecer a ouvir a voz dele , de acordar a meio da noite e ver no telemóvel um testamento. Mas acima de tudo ? Gostavas que te fizesse feliz , acertei ?
   Dói imenso vê-la com outra , não é ? O simples facto de estar a falar com outra , desperta uma sensação forte em ti , estou certa ? A isso chama-se ciúmes. Ele não é teu , mas tu tens ciúmes e sabes porquê ? Porque temos ciúmes daquilo que é nosso e daquilo que achamos que deveria ser.
   Sabes aquele momento em que não entendes o que estás a sentir ? Lembra-te , o amor é para sentir , não para entender.
   Olha , sabes que mais ? Se estiver destinado para dar certo entre vocês , dará.
Bé Silvestre

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

20/09/2003

   9 anos se passaram. Neste tempo todo cresci e mudei. Não sei se tens orgulho em mim e na pessoa que me tornei...se não tiveres , desculpa...
   Este ano decidi passar este dia com um sorriso na cara , pois sei que era isso que tu ias querer. Não ias gostar de me ver a chorar por tua causa. Provavelmente à noite vou chorar , mas pronto , ao menos durante o dia fui forte em frente a toda gente.
   Será que ainda vale a pena dizer que todos os dias sinto a tua falta ? Que dava tudo para te ter mais uma vez à minha frente ?
Dói tanto não te ter aqui...e é uma dor...que nunca desaparece. Passaram-se dias , semanas , meses , anos...e nada. Esta mágoa não desaparece simplesmente.
Por vezes pergunto: porquê tu ? Porquê ?! Tu não merecias isso. Nem tu , nem eu. Não merecia ficar sem ti.
   Eu queria que me visses crescer , que me desses conselhos quando eu precisasse , que me abraçasses quando tenho vontade de chorar , que visses a pessoa que me tornei e dissesses "tenho orgulho em ti" , que conhecesses os meus futuros filhos e pudesses ser um exemplo para eles , da mesma forma que foste para mim. Mas nada disso será possível. E pensar nisso...não sei...ainda me dói mais...
   Vais ficar sempre marcado em mim , acredita , amo-te.
   Bé Silvestre

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

   Escrever é uma parte de mim. É algo que eu tenho necessidade de fazer. Ou melhor...tinha. Parece que algo mudou...
Antigamente , eu escrevia todos os dias , em papel/no computador/no blog. Agora , é como se...evitasse escrever. Não entendo bem o porquê. Talvez por nunca saber o que escrever...Bem , na verdade , eu sei , o problema é que os assuntos que ultimamente tenho necessidade de escrever são sempre os mesmos e sinceramente já começo a cansar-me de escrever sempre o mesmo. A verdade é que me alivia a dor que tenho no coração quando escrevo , mas depois de tanto me repetir , começa a ser maçador , começa a não fazer efeito , foi por isso que decidi parar de escrever por uns tempos , daí não escrever no blog à quase 1 mês. Não consigo sequer continuar as minhas histórias , parece que me canso delas...
   Antes tinha confiança na minha escrita...agora ? Agora não posso dizer o mesmo. Agora acho que já não escrevo tão bem como antes...que sou mais uma "escritora" banal. Não que eu me considerasse "especial" ou "a melhor escritora do mundo" , mas achava sinceramente que até era boa...que tinha aquela paixão...Mas parece que a minha paixão por escrever se está a afastar...a afastar...a afastar...e temo que um dia esta morra...
   Mostro um texto/um pedaço de uma das minhas histórias a alguém e os comentários são sempre fabulosos. Tão fabulosos que chego a pensar "Será que eles estão mesmo a falar do texto que eu fiz?".
   A única coisa que não quero é que o meu amor pela escrita não desapareça , só isso.
Bé Silvestre

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Problemas *

   Um dia olhas à volta e vês que nada está como tu queres.
Não estás feliz com a tua imagem. Achaste gorda/magra , feia , fraca (...). Vês apenas todas as tuas imperfeições e defeitos.
Tens saudades de pessoas que não devias. Perdeste pessoas importantes por erros estúpidos. Não estás com a pessoa que amas e isso para ti é frustrante , porque quando amas alguém é suposto o amor ser correspondido e para sempre , certo ? A verdade é que isso nem sempre acontece.
   A única coisa que queres é que todas as tuas imperfeições desapareçam , que deixes de sentir saudades de quem nunca mereceu uma única lágrima tua , recuperar as pessoas que perdeste e ficar com a pessoa que amas , certo ?
CALMA! Tudo isso é possível. Lembra-te: não precisas de ser perfeita , mas se não estás satisfeita com o teu corpo , podes trabalhar nele. Mas atenção , melhora acima de tudo a tua personalidade.
Um dia vais perceber que certas pessoas não merecem nem o chão que pisam e vais deixar de sentir falta delas. Essas pessoas vão passar a ser-te indiferentes , acredita.
Com tempo consegues tudo e se as pessoas que perdeste realmente valerem a pena ? Garanto-te que as recuperarás , pois o que é verdadeiro volta.
A pessoa que amas ? Bem se essa pessoa te merecer , vão acabar por ficar juntas , se não , é porque essa pessoa não te merece , simples. Hás-de encontrar alguém melhor. E sim , eu sei: não queres alguém melhor , queres "aquela pessoa". Mas acredita que há melhores.
   É fácil falar né ? Ya , eu sei. Mas sabes que mais ? A maioria dos problemas que referi ? Eu tinha-os e alguns ainda os tenho , mas soube ultrapassá-los e os que ainda não consegui , estou a lutar para os vencer.
   Por isso , não desistas nunca , por maior que seja a dificuldade.
Bé Silvestre

sábado, 11 de agosto de 2012

it hurts

   E todas as noites a saudade volta. Voltam a escorrer lágrimas pela minha face. Voltam as memórias. Volta tudo. Se durante o dia é difícil conter as lágrimas , distrair-me e sorrir , então durante a noite , parece-me impossível.
   Dou por mim a ver a ver os nossos videos , a ler os textos que te fiz , a recordar tudo (...)
   É o milésimo texto que escrevo em relação à saudade que sinto por ti , eu sei. Enquanto escrevo , as lágrimas vão caindo , mas ao mesmo tempo parece que me sinto mais aliviada. Chorar não te trás de volta , escrever também não , eu sei disso , mas alivia-me imenso.
   Sabes o que é que eu queria ? Acordar amanhã e ver uma mensagem tua no meu telemóvel , como nos velhos tempos , a desejar-me os bons dias , como se isto tudo tivesse sido um pesadelo.
Porque é que não podemos voltar aos tempos em que eras tu que não me deixavas cair ou desistir ? Em que eras tu que me defendias ? Em que eras tu e apenas tu que me fazias sorrir ? Em que falávamos dia e noite ? PORQUÊ?!
   Ainda sonho com o dia em que me vais mandar sms a dizer que me perdoas e que sentes a falta da nossa amizade. Será que isso não vai passar de um sonho ?
   A tua ausência ? Dói imenso , acredita.
Eu não sei que mais posso fazer. Já fiz tudo. Tens algo diferente em ti , algo que não me deixa deixar de lutar. Por mais que me magoes , eu simplesmente não consigo.
   Desculpa se te magoei e se te fiz sofrer , mas por favor , não faças com que esse erro custe a nossa amizade.
Bé Silvestre

sexta-feira, 27 de julho de 2012

joana lourenço

   Tudo "começou" no 1º ano. Já lá vão muitos anos que te conheço. Quer dizer , não é bem assim...conheci-te realmente apenas de à um ano para cá. Confesso que antes não dava nada por ti , mas a minha opinião mudou e de que maneira ... E sinceramente ? Nunca pensei que nos tornássemos "nisto".
   E pensar que foi uma festa de putos que nos juntou...estranho né ? Podia ter sido na escola , podia ter sido graças a algum dos nossos amigos em comum , mas não , foi uma festa , da qual por acaso queríamos fugir , mas isso é outra história , ahah.
Desde aí que me cativaste. Percebi que não eras só mais uma.
   Quando dei por mim , confiava em ti a 100% e sabes ? Não me arrependo, mesmo apesar de tudo.
   Cometi um erro , dos grandes mesmo. Mas arrependi-me tanto , mas tanto que ninguém mesmo tem noção. Infelizmente o amor faz destas coisas. Poucas pessoas teriam a capacidade que tu tiveste de me perdoar , por essa e por outras tantas razões eu admiro-te e muito. E acredita , sempre senti imenso a tua falta e a partir do momento que me perdoaste , senti-me feliz , como aliás não sentia à imenso tempo.
Admito , cheguei a pensar que nunca iria ser igual , mas enganei-me , pois voltámos ainda mais fortes e agora ? Agora não te largo nunca! Quem se meter contigo ou te magoar , está a fazer o mesmo a mim , logo vai levar comigo.
   Obrigada por me teres perdoado. Obrigada por teres orgulho em mim , mesmo depois de tudo. Obrigada pelos intervalos fofos a dar voltas à escola e a cantar. Obrigada pelas tardes mega lindas. Obrigada pelas noites maravilhosas. Obrigada pelas chamadas mais parvas e ao mesmo tempo mais fofas, de sempre. Obrigada pelas sms. Obrigada pelos melhores atrofios. Obrigada pela preocupação que sempre tiveste comigo. Obrigada por todos os sorrisos. Obrigada por todas as palavras. Obrigada por todos os abraços que tanto significam para mim. Obrigada pelo teu apoio.
   Tu sabes como somos quando estamos juntas. Há imensa cumplicidade , parvoíces , só dizemos caca e só nos rimos. Ah e claro , não pode faltar pringles e pepsi $: Toda esta combinação simples ? Faz momentos perfeitos.
   Para ti ? Faltam-me as palavras , para ser sincera. Pessoas com o valor que tu tens ? Há poucas, muito poucas mesmo. É difícil para mim explicar o que és para mim...mas acho que a melhor palavra que o descreve é "irmã". Tu, dás sem dúvida todo o sentido à palavra "irmã".
   São raros os casos que acredito que é um sempre , mas tu ? Tu és para sempre.
   Agora ? Agora quero que sejamos muito felizes , principalmente juntas e se tudo correr como esperamos ? Vamos ter as nossas lindas férias.
   Olha , eu amo-te, és tudo e contigo ao meu lado sou feliz , ok ? okk.
Bé Silvestre

segunda-feira, 23 de julho de 2012

o tempo cura tudo.

   Costumam dizer que "o tempo cura tudo". Bem , sinceramente , na minha opinião , é verdade.
   À uns tempos atrás , eu achava que não e por mais que me dissessem que um dia iria dar-lhes razão , eu não achava. Meti na minha cabeça que ia ser infeliz para sempre. Fui demasiado dramática. Mas a verdade , é que com o tempo , aprendi muita coisa , mudei , cresci , tornei-me mais forte e recuperei as amizades verdadeiras.
   Sim , agora sou feliz. Quero dizer , eu não ando propriamente a pessoa mais feliz do mundo , ando normal , mas honestamente prefiro assim e ter alguma estabilidade emocional do que andar aos altos e baixos.
   "O que é verdadeiro volta" , diziam-me vezes e vezes sem conta. Mas por mais que repetissem esta frase , eu continuava achar que "o que é verdadeiro permanece". Porém , mais uma vez , o tempo fez com que eu entendesse que ambas as frases estão correctas e é como se "encaixassem" uma na outra. Ou seja , é algo do género: "O que é verdadeiro volta e permanece" , não sei se me faço entender. O tempo aliado à minha vontade de recuperar as pessoas que perdi , fizeram com que as recuperasse. Bem , ainda falta uma , mas uma vez mais , o tempo vai ajudar-me.
   Tenho de ser sincera , não acho que seja apenas o tempo que cure tudo , assim do nada. Se não tivermos força de vontade nada é possível. Se desistirmos , nem o tempo nos ajuda.
Nunca desistas de nada , principalmente se te faz feliz. Por mais vontade que tenhas de desistir , de te enfiares debaixo dos lençóis e nunca mais saíres de lá , nunca desistas. Eu sei que é difícil e muito mesmo , mas olha para o lado e lá terás "um alguém" que te dará força para continuares. Luta até ao fim e não desistas , pois eu nunca desisti , por mais vontade que tivesse de o fazer e consegui tudo de volta. A "menina" que chorava pelos cantos e que se ia abaixo por tudo e por nada , tornou-se agora numa "mulher" forte , o que não quer dizer que não chore nunca , porque choro sim. Ser forte não é sinónimo de não chorar nunca , pois toda a gente acaba por se ir abaixo , por mais forte que seja.
   Para ser sincera ? Tenho orgulho em mim. Orgulho-me de nunca desistir de nada e de ser lutadora. Orgulho-te de ter reconquistado tudo o que perdi. Orgulho-me de ter crescido. Orgulho-me da pessoa que me tornei. Orgulho-me de ter pessoas que têm orgulho em mim.
Bé Silvestre

sábado, 21 de julho de 2012

erros.

   Sabes quando cometes um erro ? um erro daqueles enormes ? e depois toda a gente te julga e ficas com "rótulo" para "sempre" ? isso aconteceu recentemente comigo.
   Eu não me importo com o que dizem sobre mim , mas é horrível quando sabes que vais ficar com uma determinada fama por um erro tão estúpido. um erro que pelos vistos conta mais do que qualquer boa acção que eu tenha feito , enfim , a sociedade é assim , cruel. É ainda mais horrível quando vês amigos teus com medo que cometas o mesmo erro com eles. por mais que tentem disfarçar para eu não perceber , eu percebo. e sim , magoa. porquê? porque eu quando cometo um erro , só cometo uma vez e já é demais.
   Se pudesse voltar atrás ? Bem , sinceramente não sei se mudaria tudo ou não. Por um lado sim , porque perdi tudo. Perdi amizades importantes. Por outro lado não , pois serviu para aprender muita coisa e tornar-me mais forte.
Entre muitas coisas , aprendi que quando dizemos que nunca faríamos uma determinada coisa...bem...não é bem assim. Nunca digas nunca. Até passares por isso , não sabes.
Nem tudo foi mau. Não posso negar que fui feliz, bastante até. Mas também fui infeliz, bastante.
  Portanto, não sei. sei apenas que o que está feito está feito. Mas ao menos eu faço algo para tentar remediar o erro que cometi. E isso ? Isso chama-se arrependimento. E é de valor.
Bé Silvestre

terça-feira, 17 de julho de 2012

stay strong

   Após tanto tempo sem chorar e a tentar sorrir , fui-me a baixo. Bati , provavelmente , o meu recorde dos últimos tempos: mais de duas semanas sem chorar. O facto de eu ter contado os dias pode parecer um pouco estranho , mas é algo bastante importante para mim , pois aos poucos estou a melhorar. Estes dias todos sem estar "mal" devem-se , possivelmente , ao facto de ter estado fora de férias.
   Voltar a casa e às ruas "do costume" fez com que me lembrasse de tudo. O pior é que normalmente lembro-me dos momentos com pessoas que não valem a pena...quer dizer , não é bem assim (...) Bem , o motivo de eu ter chorado foi só um. Hoje não é um dia muito feliz para mim , mas de qualquer maneira nem foi isso , foi apenas uma amizade. Uma amizade que perdi e que já referi em inúmeros textos passados.
   Com os fones nos ouvidos , a ouvir uma música que ambos gostávamos tanto e que sempre considerei a "nossa música" , passeei sozinha e olhei ao redor. Lembrei-me de um ou outro momento com pessoas que não interessam , mas estava focada essencialmente nos momentos com aquele que era praticamente um "melhor amigo". As lágrimas começaram-me a escorrer pelo rosto. Confesso , foi duro relembrar todos os momentos. Senti uma dor enorme no peito e umas saudades tremendas, que cada vez apertam mais ... e mais ... e mais (...)
Bé Silvestre

segunda-feira, 11 de junho de 2012

saudades apertam cada vez mais.

  Existe na minha vida uma figura muito especial e inesquecível, porém, não vou identificá-la, vou apenas dizer que é um rapaz. É difícil para mim explicar como o conheci, pois nunca consegui explicar exactamente como "nasce" uma amizade, sei apenas que começámos a falar muito por telemóvel, a estar muitas vezes juntos e daí nasceu uma grande amizade. Uma amizade que mais tarde se transformou em amor, mas que por medo de ambas as partes, ficou por uma simples amizade, ou melhor, neste momento, reduzimos-nos a meros conhecidos.
  Ainda não desisti de recuperar esta amizade, pois como mencionei, este é um rapaz especial. Ele esteve para mim quando mais ninguém estava, apoiou-me, ouviu-me, defendeu-me, confiou em mim, enfim, fez tanta coisa por mim. A nossa cumplicidade e confiança era notória. Mas o amor que começámos a sentir um pelo outro foi destruindo a amizade e a confiança.
Ele é um rapaz diferente dos outros, ele preocupa-se com as pessoas, é meigo, é sincero, é humilde, é respeitador e um pouco misterioso. Quer dizer, ele mudou. Ele tornou-se frio e insensivel. A cabeça dele é algo que nunca vou conseguir decifrar e na minha opinião, há muitos segredos escondidos no seu interior. No entanto, apesar de ele ter mudado, continua a ser uma das pessoas que mais admiro, sem dúvida. Só queria que ele voltasse a ser como era. Ele deixou de confiar em mim e não entende que é muito importante para mim. Por mais textos que escreva para ele, por mais conversas que eu tente ter com ele, ele não entende e já desistiu da nossa amizade. Ele tinha prometido que nunca me ia abandonar e não cumpriu, mas eu vou cumprir, quando ele precisar, eu estarei aqui e ele aí, talvez se arrependa de me ter magoado com certas palavras e actos.
Basta lembrar-me de como a nossa amizade era perfeita e as lágrimas começam a escorrer-me pelo rosto, pois a saudade aperta. Sinto falta de todas as mensagens, de todos os sorrisos, de todas a brincadeiras, de todos os momentos, mas essencialmente DELE.
Concluindo: preciso dele para me sentir completa e dava tudo para que a nossa amizade voltasse.
Bé Silvestre

quinta-feira, 24 de maio de 2012

admito, não consigo avançar sem ti.

   Sim , confesso que tenho tido saudades. Saudades da nossa linda amizade , de seres como um melhor amigo , de confiares em mim , de me contares tudo , das nossas brincadeiras , da tua preocupação , das nossas conversas , enfim , saudades de tudo.
   Neste momento , não confias em mim , não sei muito bem porquê , mas gostava de o saber...tu andas mal , daí andares a falar mal a toda a gente , mas devido à falta de confiança em mim , não me contas o porquê.
   Tu mudaste , já não és o rapaz meigo , brincalhão e preocupado que eras , agora és frio e bruto...
   Eu vou continuar aqui para ti , mesmo que continues a tratar-me mal , porque sinceramente não me consigo "libertar-me" de ti, nem da nossa amizade. Sim , tu marcaste-me imenso , daí não conseguir abandonar-te. Quando precisares serei a 1ª a estar lá e aí , vais arrepender-te de tudo o que me disseste...
   Tu sabes , eu já to disse , mas volto a dizer , queria que tudo voltasse! Eu necessito da tua amizade , acredita que me fazes muita falta. Faz-me falta alguém de confiança como tu , porque a ti sim , eu era capaz de contar tudo , porque sabia que ias ouvir-me e aconselhar-me da melhor forma possível.
Bé Silvestre

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Gaiato ♥

Hoje estava a pensar,
Deu-me uma grande vontade de montar...
Senti saudades da adrenalina,
De a cavalo subir uma colina.

Nunca mais subi para outro dorso,
Sei que iria sentir um grande remorso.
Provavelmente nunca mais conseguirei montar,
Pois já não consigo acreditar.

Dentro de mim já não há paixão,
Desapareceu a emoção.
Era contigo que isto existia,
Entre nós havia telepatia.

Um dia tudo mudou
E "algo" nos separou.
Levaram-te para longe de mim
E foi o fim.

Não foi o fim do sentimento,
Algo tão forte não "foge com o vento".
E eu prometi que a distância não ia destruir
Tudo aquilo que conseguimos construir
E vou cumprir.


Eu era feliz contigo,
A ti podia chamar "amigo".
Agora tudo se resume a saudade,
Que tento ultrapassar com grande dificuldade.

Bé Silvestre

domingo, 22 de abril de 2012

medo da amizade

   É triste olhar à volta e não ver ninguém.
   É triste ver que aqueles que consideravas "grandes amigos" eram, afinal, grandes falsos.
   É triste ver que à "grandes amigos" que apesar de não serem falsos se afastam de ti. Nesse momento, vês que não há ninguém com quem possas desabafar e com quem possas partilhar alguns segredos.
   Depois tens os chamados "amigos" que apesar de estarem sempre contigo, sentes que há certas coisas que não podes contar. E porquê? Porque queres é falar com aqueles que se afastaram de ti...
   No meio disto tudo, há sempre um alguém que nos surpreende e em quem começamos a confiar, e que acaba por se tornar um "grande amigo".
   No fim, há novamente um alguém que me "abandona".
   Mas eu já vivi esta situação tantas vezes que até já tenho medo de fazer amigos, tenho medo de me desiludir de novo e de chorar mais. E ter medo de fazer amigos é uma coisa má.
   Tenho medo de contar as minhas coisas e arrepender-me. Já não sei em quem confiar, por isso, por vezes, prefiro ficar calada. O que também não é bom, porque precisamos sempre de alguém com quem falar.
   A pessoa que diziam que me ia "dar uma facada nas costas" é a única que tem estado lá SEMPRE para mim...irónico não?
   Não sei sinceramente se este texto faz sentido, não sei se vão perceber o que tentei expressar, não sei se alguém se identifica, mas foi o melhor que consegui escrever neste momento.

Bé Silvestre

domingo, 8 de abril de 2012

free

   Era noite, não sei a que horas. Os meus pés estavam sobre a areia molhada, senti uma pequena onda rebentar suavemente sobre eles, olhei-os e sorri. Não sabia se estava a sorrir por causa do impacto da água gelada sob os meus pés ou porque simplesmente me apetecia sorrir...
   Comecei a caminhar ligeiramente, com os fones nos ouvidos...também não me lembro qual era a música, mas sei que era uma das minhas preferidas. Olhei à minha volta e não vi ninguém. O meu primeiro pensamento foi "Esta praia é só minha por um bocadinho!", sorri de novo.
   Senti a suave brisa de Verão e respirei fundo. Naquele momento sentia-me bem, sentia-me livre...!
Bé Silvestre

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Life . . .

   Às vezes, dou por mim afogada em pensamentos...Naquele momento, passa-me toda a minha vida pela cabeça. Sinto a chamada "nostalgia"...
   Sinto saudades dos bons momentos, de algumas pessoas, de alguns lugares...
Sinto saudades da minha infância, que foi uma época em que fui, talvez, a pessoa mais feliz do mundo..
   Relembro os erros que cometi e o que eu podia ter mudado. Mas depois penso: "se acabou, é porque não estava destinado, certo?"
Vejo todas as pessoas pelas quais me apaixonei e sofri e no fim, alguns deles não valeram a pena. Mas depois penso: "valeu a pena sim, fez com que crescesse!"
Vejo pessoas que achava que seriam para sempre, mas que no fim, foram, talvez, a maior desilusão da minha vida.
   Por vezes penso, "se pudesse voltar atrás, tinha feito tudo diferente", mas interrompo esse pensamento e rapidamente o substituo "os meus erros serviram todos para aprender, crescer...isso é viver! não sou perfeita, cometi os meus erros, mas orgulho-me de dizer que me tornei uma pessoa melhor graças a eles".
   Agora olho para a minha vida e não vejo grande sentido. Sei que todos sentimos isso, pelo menos uma vez na vida, mas acho que a minha vida é sempre igual, preciso de acção, aventura, descobertas...! Talvez isto seja só uma fase, talvez consiga voltar a encontrar sentido para a minha vida.
Se me perguntarem "és feliz?", neste momento eu não conseguiria dizer um "sim" com a convicção que eu tinha à uns tempos atrás...

Bé Silvestre

terça-feira, 27 de março de 2012

   Eu não estou bem , tu não estás bem , nós não estamos bem.
   Ambos sabemos isso...
   Então, porquê continuarmos assim?
Bé Silvestre

segunda-feira, 12 de março de 2012

miss you

   Nunca conheci nem vou conhecer ninguém como tu , nunca vou gostar tanto de alguém como gosto de ti , mas foi logo a ti que perdi!
   Sei que não tens a culpa e que todos temos a nossa hora , quer dizer , tiveste um pouco de culpa , mas sempre disseste que preferias uma vida curta e bem aproveitada do que longa e não ter aproveitado nada. De certa forma , tens razão , mas por outro lado fazes-me MUITA FALTA!
   Talvez estejas num sítio melhor , talvez esteja a ser egoísta, mas preciso muito de ti todos os dias , principalmente quando estou mal ! Bastava um abraço teu e ficaria tudo bem !
   Só queria que tudo voltasse: abraços , brincadeiras , carinhos , cumplicidade...
   Eu acredito que um dia tudo vai voltar e esse é o dia que mais anseio ! Vou abraçar-te como se não houvesse amanhã e vou poder finalmente dizer as palavras que nunca te disse: "AMO-TE!".
   Tenho imensa pena dos meus filhos não te puderem conhecer , porque decididamente gostava que eles conhecessem o exemplo de homem e o meu maior ídolo.
Bé Silvestre

quarta-feira, 7 de março de 2012

Escrever ...

   Cada dia que passa amo cada vez mais escrever.
   Transmitir ideias e pensamentos para o papel, inventar histórias , escrever textos a exprimir os nossos sentimentos... PERFEITO 
Bé Silvestre

domingo, 4 de março de 2012

Grrrrrr :x

   Sabem quando têm mesmo que estudar, mas não vos apetece nada e desconcentram-se facilmente? Isso acontece-me sempre quando mais preciso de estudar. Como por exemplo, hoje tinha mesmo que estudar, pois tenho 4 testes esta semana, mas até uma mera mosca me distraia.
   RESULTADO: Não consegui estudar nada de jeito ...
Bé Silvestre

sábado, 25 de fevereiro de 2012

irmã ♥

   Já te conheço à muitos anos , já desde a primária , pois as nossas turmas faziam muitas actividades colectivas. No entanto , nunca nos demos muito , a não ser este ano. Aproxima-mo-nos por causa daquela festa...que apesar de ter-mos aturado uns 20 putos , não me arrependo nada.
   A partir daí , começámos a falar bastante e a ficar cada vez mais próximas. Passávamos os intervalos juntas , começámos a ganhar confiança e quando dei por mim eramos irmãs.
   Obrigada por estares sempre preocupada comigo, por me fazeres sorrir , por me compreenderes , por me dares aqueles conselhos , por aqueles abraços que tanto significam para mim! Sim, porque eu sei bem que não és muito de abraços e que só dás a certas pessoas , o que me deixa muito feliz.
   Sinceramente só quero que sejas feliz e juntas vamos conseguir eliminar todos os obstáculos , vencer toda a gente que nos quer derrotar e fazer desaparecer a tristeza não identificada.
   Acredita que ainda vamos passar grandes momentos juntas e que ainda vamos ser muito felizes! E que venham muitas mais festas mega-fofas , mais almoços mega-fofos , mais visitas de estudo mega-windas e muitos mais anos mega-perfeitos !
   Sabes bem que estou aqui para tudo mesmo! Nunca vais estar sozinha , nunca mesmo!
   Espero mesmo que isto seja para sempre! Mas só depende de nós , não é princesa ?
   Amo-te
Bé Silvestre

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Quantas vezes te prometeram um sempre e não cumpriram ?
Bé Silvestre

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

   As pessoas que menos esperamos , são as que mais nos desiludem.
   Amizade sem confiança , não existe simplesmente.
   O ciúme é o pior dos monstros criados pela imaginação.
   Quem diz o que quer, ouve o que não quer.
   As pessoas só vêm e ouvem o que lhes convém.
   Excesso de ciúmes é sinónimo de não ter auto-estima.
Bé Silvestre

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

padp ♥

   Por uns tempos achei que seria o fim. Andava triste e sentia um vazio ENORME. Mas, felizmente, não foi o fim ! Voltou tudo , como se nunca se tivesse passado nada.
   Agora, o vazio foi preenchido e sinto-me muito feliz, como não me sentia à muito tempo.
   Já lá vão 9 anos e nunca conseguimos explicar o sentimento...é forte, aliás muito forte e ao mesmo estranho e diferente...
   É mesmo muito importante para mim, nunca duvides.
   Por muitas vírgulas que hajam, nunca haverá um ponto final, prometo.
   Adoro quando me dizes aquelas coisas fofas. Sabias que com uma simples frase , consegues alegrar o resto do meu dia ?
   Amo-te e aos teus abraços mega-fofos , shim ? 
Bé Silvestre

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

meu príncipe ♥

   Meu bebé , vou estar sempre aqui para tudo , aconteça o que acontecer!
   Nem que o mundo dê 1001 voltas , vou estar sempre ao teu lado ♥
   O teu sorriso é o mais perfeito do universo ... é tão genuíno, tão inocente, tão lindo , tão sincero ♥
   Amo muito os teus windos caracóis ♥
   Tu és um menino muito windo e muito forte 
   Contigo ao meu lado sou feliz, de verdade ♥
   Amo-te muito mano ♥
Bé Silvestre

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

   Sabem quando se sentem sozinhos , à parte , abandonados , desamparados , desprotegidos , trocados , substituídos ? É assim que me sinto agora ...
Bé Silvestre

sábado, 21 de janeiro de 2012

era uma vez...

   Era uma vez , um menino e uma menina que se davam muito mal e não se podiam ver à frente. Mas tiveram a oportunidade de se conhecerem melhor e a cada dia que passava o sentimento aumentava e aumentava...até que descobriram que se amavam muito e começaram a namorar.
Todos os dias falavam muito sobre tudo, davam lindos passeios e trocavam aqueles olhares de amor verdadeiro.

   Depois da escola , iam para a janela olhar um para o outro e... lá ficavam , a tarde toda, cada um , na sua janela... com o telemóvel ao lado de cada um , ele dizia-lhe: "Amo-te muito!" e ela dizia-lhe: " Eu também, muito mesmo!".
   Todas as noites , antes de adormecer , pensavam um no outro e sonhavam um com o outro. Sonhavam coisas lindas , sonhavam com o futuro , sonhavam com uma casa linda e enorme onde os seus filhos corriam pelos corredores... E acordavam todos os dias a sorrir , pois tinham sonhado um com o outro.
Eles queriam que todos aqueles sonhos um dia se realizassem e que se projectassem para a realidade.
   O menino e a menina foram felizes para sempre e concretizaram todos os seus sonhos conjuntos 
Bé Silvestre

sábado, 14 de janeiro de 2012

Mais um dia e cada vez menos força ...

   Cada dia que passa fico mais fraca.. Não aguento mais , já não tenho forças para lutar ... Mas lutar contra quê ou contra quem ? Pois , também não sei. Talvez pela minha felicidade ...
Continuo com um sorriso forçado , continuo a chorar , continuo a morrer por dentro ... Nada mudou!
   E agora ? Que fazer ? Eu quero continuar a lutar , mas estou sem forças , já não consigo simplesmente.
Passo as noites a chorar , sem saber o que fazer. Custa-me tanto a adormecer ... 
Só me resta sonhar acordada , sonhar que estou feliz , sonhar com o que eu quero que aconteça ...
   Não vale a pena dizerem "Estou aqui." ou "Sabes que podes confiar em mim." , não vai ajudar muito , pois só conseguirei resolver isto sozinha.
   Só quero ser feliz , será que é pedir muito ?
   Serei a única que não pode ser feliz ?
Bé Silvestre

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

confused

   Eu sorrio , mas sorrir não é sinónimo de estar feliz. Sorrio simplesmente para ninguém perceber que na realidade , estou a morrer por dentro e a cada dia que passa sinto-me num poço cada vez mais fundo ...
   Quem me conhece , percebe que o meu sorriso é falso , apesar de eu tentar disfarçar , por vezes a "máscara cai".
   Por vezes , dou por mim a chorar em frente às pessoas e estas , ficam preocupadas e perguntam-me o "Porquê ?" e eu digo "Não sei!" ... e as pessoas acham que eu estou a ocultar a verdade , mas não estou , na realidade não sei mesmo o que se passa comigo...Ou melhor , é o acumular de muitas coisas ... e bem , à certas coisas que prefiro convencer-me que não estão a acontecer..
Não quero continuar a ouvir porquês , pois eu não tenho resposta exacta.
   Cada dia que passa , sinto-me mais sozinha e: ironia da vida - à BILIÕES de pessoas no mundo!
   Por vezes , até eu me pergunto "Porquê?" , mas continuo sem obter resposta.
Bé Silvestre

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Porque é que as pessoas que mais amamos, nos desiludem?
Bé Silvestre

domingo, 1 de janeiro de 2012

2012

   E passou mais um ano.
   Bem quanto à minha passagem de ano não foi nada de especial , mas podia ter sido pior né ?
   Mas esta passagem de ano foi diferente...foi triste...Não se ouviu ninguém na rua , não se ouviram panelas , enfim ...
As pessoas estão desmotivadas , pois este ano simboliza subidas de preços , vá digamos em poucas palavras simboliza a pobreza. Muita gente que tinha uma boa vida está neste momento a passar fome , pois perderam os empregos e etc ...
Esta desmotivação até é normal , é compreensível ... também iam para a rua festejar o quê ?
   Mas minha gente , eu tenho uma novidade: se não fizerem nada para melhorar , garanto que não vai haver nenhum milagre! Não adianta continuarem a lamentar-se! Têm é que lutar , têm que trabalhar , têm que se esforçar! Não têm emprego ? Tentem trabalhos manuais , cozinhar para fora , sei lá , PROCUREM !
   ACREDITEM EM VOCÊS ! ACREDITEM QUE PODEM SER MUITO FELIZES !
   Feliz 2012 para toda a gente!
   PS: Deixem lá essa teoria da tanga de que este ano vai acabar o mundo sim ? -.-
Bé Silvestre